SURPRESOS COM AS ATITUDES... DOS OUTROS. E COM AS NOSSAS? “Senhor, queres que mandemos descer fogo do céu para os consumir?” (Lucas 9.54) 

Rev. Nelson França

 

Por vezes as atitudes das pessoas nos surpreendem. É o caso da reação dos discípulos para com os samaritanos, por estes não terem dado hospedagem a Jesus. Diante da tal recusa, Tiago e João propuseram a Ele, que eles, não Jesus, mas, eles mesmos, mandassem “descer fogo do céu para os consumir”. Primeiramente, nos admiramos que manifestassem uma reação tão severa; pelo que o Senhor os repreendeu (Lc 9.55). Em segundo lugar, é difícil de acreditar que esses discípulos tão impetuosos e cheios de poder e autoridade, a ponto de se dispor a mandar descer fogo do céu, fizessem parte do mesmo grupo de discípulos que anteriormente se mostraram tão frágeis e tímidos diante de uma tempestade, enquanto atravessavam o mar da Galiléia. É realmente muito interessante, eles que antes não puderam expulsar o demônio que atormentava um menino, agora se revelam tão fortes. Eu creio que a explicação para isto, provavelmente, seja o fato dos samaritanos não os receberem. Por certo, isto mexeu com o ego desses homens; e, inflamados com a atitude deles, João e Tiago adquiriram coragem para reagir dessa forma. Infelizmente, muitas vezes só agimos corajosamente, diante de situações que de algum modo mexem com o nosso ego; e, ainda assim, em geral, nessas ocasiões, agimos negativamente, como foi o caso dos discípulos. Em geral, somos corajosos para decidir e fazer coisas inconvenientes; dispomo-nos a enfrentar desafios desnecessários. Por razões pequenas, somos impetuosos contra as pessoas. Entramos em conflitos por causas que de nada servem. Contudo, quando somos proibidos de ir ao shopping, por exemplo, viramos leões, batemos o pé, gritamos por nossos direitos; mas, se alguém nos proíbe de ir à igreja e se incomoda de servirmos ao Senhor, nos humilhamos, fazemos caras tristes, ficamos calados e docemente nos submetemos. Paremos com isso!!! Na verdade é necessário haver coerência. Se há em nós forças para reagir e enfrentar situações que afetam o nosso ego, e, impetuosamente nos levantar contra as pessoas, canalizemos essa energia para coisas ou causas que valham a pena. Como por exemplo: para reagir bem diante das tempestades, para fortalecer os fracos, para suportar com paciência os que nos agridem. Afinal, pelo menos em algumas situações, já demos provas que somos fortes e corajosos. Enfim, sejamos coerentes com as nossas próprias atitudes! Ou então, que seja uma grata surpresa!  

 

 

                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                          

Voltar Editorial
Voltar Editorial
Voltar Editorial

Domingo

Escola Dominical - 09:30hs

Culto Vespertino - 18:30hs

 

 

 

Segunda

Descanso Pastoral

 

 

 

Terça

Reunião de Oração - 06:30​hs

 

Quarta

Estudo Bíblico - 20:00hs

 

Quinta

Reunião de Oração - 20:00hs

(na igreja)

 

Sexta

Artesanato - 14:00hs - 17:00hs

 

Sábado

Programações Eventuais (vide boletim)

Nossos horários

Encontre uma

       Igreja Presbiteriana perto de você             

Rua Copacabana, 207 - Guilhermina - Praia Grande/SP  -  Tel. (13) 3302-9049      

Desenvolvido por: Catia S B Lima - Responsável: Conselho IPPG

                                       

nov/2012 - 2020